HEBREUS 2.1-9 – “Como escaparemos?”

IGREJA BATISTA CENTRAL DE MACAPÁ

ESTUDO BÍBLICO EM HEBREUS – 9.1.2013

HEBREUS 2.1-9 – “Como escaparemos?”

INTRODUÇÃO

O autor começa com uma pergunta. Se a transgressão da palavra trazida pelos anjos foi castigada, como não será com a transgressão da palavra trazida pelo Filho? Todo o argumento gira ao redor desta pergunta. Eles queriam deixar o evangelho e retornar ao judaísmo. Como escapariam se rejeitassem o Filho? Faz duas recomendações:

 

1. PRESTEM ATENÇÃO NO QUE OUVIRAM! – VV. 1-4

Deviam prestar atenção ao que ouviram (v. 1). Ouviram a salvação trazida pelo Filho (v. 3). A palavra trazida pelos anjos foi a Lei (Atos 7.53). A desobediência a ela trouxe castigo (2Cr 36.14-15). A palavra trazida pelo Filho é a Graça (João 1.17). O Filho é superior aos anjos. Se desprezassem o evangelho, que é superior, como escapariam? A Palavra do Filho é eterna: Lucas 21.33. Não pode ser desobedecida. Como escapar (v. 3)? A Graça foi iniciada pelo Filho e “confirmada a nós pelos que a ouviram” (v. 3). O autor é um cristão da segunda geração. Ele lembra que a Palavra do Filho foi confirmada pelo Espírito Santo (v. 4). É muito mais grave desobedecê-la.

2. É AO FILHO QUE O MUNDO SE SUBMETERÁ, E NÃO AOS ANJOS! – VV. 5-9

O autor se vale do Salmo 8. Deus não prometeu honrar anjos (v. 5), mas ao homem (vv. 6-8, Gênesis 1.26). Mas a Queda impediu. Na realidade, o próprio homem hoje está escravizado (v. 15 – cf. com João 8.34). Por isso, ainda não vemos o domínio do homem (v. 8b). Mas vemos a Jesus (v. 9). Ele está “coroado de glória e honra por causa do sofrimento” (v. 9). Pedro anunciou isto no dia de Pentecoste (Atos 2.36). Desde cedo a igreja entendeu que a morte e a ressurreição de Cristo o tornaram Senhor do universo. É a Palavra dele, portanto, e não a palavra trazida pelos anjos! Porque é a ele que o mundo se submeterá: Hebreus 1.8. Ele é digno de adoração e a recebe até dos anjos (Hebreus 1.6).

CONCLUSÃO

Não é a Lei nem são revelações mesmo que sendo fresquinhas e inéditas trazidas pelos gurus de hoje. É o evangelho de Jesus que deve ser ouvido, e não Moisés ou Elias (Mateus 17.3-5). Desobedecer a Palavra do Filho não tem escapatória!