HEBREUS 4.11-16 – “Já está tudo resolvido!”

IGREJA BATISTA CENTRAL DE MACAPÁ

ESTUDO BÍBLICO EM HEBREUS – 27.2.2013

HEBREUS 4.11-16 – “Já está tudo resolvido!”

 

INTRODUÇÃO

Termina a primeira seção do livro: “A superioridade universal e infinita de Jesus, o Cristo (1.1-4.16)”. O autor encerra sua argumentação e deixa um gancho para a segunda e maior seção do livro: “A superioridade inquestionável do sacerdócio de Jesus, o Cristo (5.1-10.39)”. Começa com “Diante disso” (v. 11). Ou seja: à luz do que foi dito… E exorta à firmeza. Não sejam como os vultos do passado (v. 11). Mas muitos são! Como disse Killpatrick: “A única lição que a história nos ensina é que não aprendemos nada das lições da história”. É verdade. Mas vamos ao assunto. Dois elementos nos ajudarão na firmeza: (1) A Revelação (a Palavra) – vv. 11-12; (2) O Grande Sumo Sacerdote (Jesus) – vv. 14-16. Na realidade, será apenas um. Mas vejamos.

 

1. A PALAVRA – VV. 12-13

Usa-se mais o texto em apoio à tricotomia, contra a dicotomia. Não é seu foco. Por analogia, deveríamos considerar a quadritomia em Marcos 12.30. Questão central: a Revelação (Palavra) é a Grande Examinadora. Ela nos julga. Prova disso: começamos a examinar a Bíblia com coração aberto e quinze minutos os papéis se invertem. Ela nos examina! Por isso tanto gente é contra a Revelação e a favor da Razão Absoluta (“Traço meu caminho”). Mark Twain: “O que me incomoda na Bíblia não são as passagens que não entendo, mas as que eu entendo!”. Postura do ímpio! A Palavra tem o poder de perscrutar todo nosso ser, examinar-nos no mais íntimo e nada podemos esconder dela (v. 13). Neste versículo não é mais a Palavra (neutro, no grego), mas Aquele (masculino, no grego). Da Palavra passou para um Homem, para o Homem.

2. O GRANDE SUMO SACERDOTE – VV. 14-16

A Revelação-Palavra se fez Homem (Jo 1.14). A Revelação-Palavra se substanciou em Jesus (Hb 1.1-2). O autor começou a primeira seção com o Filho, Jesus, (1.2) e termina com o Filho. O foco de Hebreus é a pessoa e a obra de Jesus. Ele é o grande Sumo Sacerdote, que adentrou não o Debir, o lugar santíssimo, mas o próprio céu (v. 14). O sumo sacerdote entrava no Debir uma vez por ano. Jesus entrou uma vez só (Hb 9.25-28). Resolveu para sempre o problema do pecado. Por que voltar ao judaísmo? O sumo sacerdote era um profissional. Aquela era sua função. Jesus se ofereceu (Hb 10.7). Foi passional: não oficiou um rito, mas deu sua vida. O autor termina neste ponto: Jesus pode se compadecer de vocês! Fracos, com dúvidas? Resposta: v. 16.

CONCLUSÃO

Conclui-se a primeira parte. A Revelação culminou em Jesus. Nele, Deus disse tudo o que tinha para dizer. Fica um gancho para o capítulo 5, quando começa a segunda parte: “Porquanto” (gár, no grego – uma intensificação do argumento). Este tema está vencido: não voltem para trás. A Palavra se fez carne, fez-se nosso Sacerdote, e resolveu problema do nosso relacionamento com Deus.