Mensagem Sobre Oração – 10

MENSAGEM SOBRE ORAÇÃO – 10

Texto:  Êxodo 5.20 a 6.1 – “A oração como queixa”

Data: 25.10.01

 

Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho

 

 

INTRODUÇÃO

Antes de ler o texto, devemos saber o que o antecede. Vamos verificar a história, de 4.18 a 5.19. agora, ler o texto. O que temos diante de nós? Simples: Deus prometeu fazer  alguma coisa (3.16-18), mas Moisés esperava que acontecesse sem contratempos.

Faraó ainda zombou de Moisés (5.1-5) e mandou pressionar mais o povo (5.6-9,14- 19).  O povo se zanga com Moisés: 6.20-21. Como agir nestas horas, em tudo dá errado e as pessoas não nos compreendem? Entendendo algumas verdades.

 

1.         DEUS NÃO PROMETEU VITÓRIAS SEM LUTA

Moisés esperava um triunfo imediato. O povo queria livramento, solução imediata dos problemas. Isto não aconteceu. Mas Deus não prometeu isto: 3.19-20. A vitória demoraria, mas quando viesse, seria grande: 3.21-22, que deve ser conferido com 11.1-3 e 12.36. Há lutas na vida cristã: Jo 16.33 e Mc 13.9. Sem lutas não se amadurece.

 

2.         DEUS ACEITA AS QUEIXAS

Moisés se queixa: 5.22. Deus não o repreende por seu queixar. À impaciência de Moisés, Deus responde com paciência: 6.1. Mas devemos ter cuidado. Muitas vezes,  em nossas queixas, somos injustos: “Senhor, por que trataste mal a este povo?”. Não era Deus! E somos tendentes a desistir: “por que me enviaste?”. Para que Deus agisse no tempo certo, e como quisesse. Podemos nos queixar, mas devemos ter sensibilidade para entender que nem sempre as queixas são justas. Na sua misericórdia ele ouve e  compreende.  E ainda responde, apesar de nossa visão errada.

 

3.         DEUS TEM SEU JEITO DE FAZER

É a resposta de 6.1. manda  Moisés novamente, como lemos em 6.10-13 (repetido em 6.28-20). A coisa toda vai demorar um pouco: 7.3-5. Mas por que Deus não faz as coisas logo, como nós sabemos que deve ser feito? Só queriam que acabasse a escravidão.

Deus queria que eles fossem pagos pelos anos de escravos. Deus tem mais para dar do  que nós para pedir. Seu jeito é o melhor.

 

CONCLUSÃO

Dizem que “o bom cabrito não berra”. Nem sempre o bom cristão não é o que não se queixa. Pode se queixar, pode expor livremente sua preocupação. Mas deve ter a certeza de que Deus fará no tempo certo, e da melhor maneira. De nossa parte, imitemos Moisés e Arão, em sua atitude em 7.20: “fizeram Moisés e Arão como lhes ordenara o Senhor”.

Podemos não entender, mas obedecer sempre é a melhor coisa a se fazer.