Mensagem Sobre Oração – 14

MENSAGEM SOBRE ORAÇÃO – 14

Texto:  2Crônicas 33.10-16 – “A Oração do Arrependido”

Data: 22.11.01

 

Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho

INTRODUÇÃO

Preguei sobre Manassés: “O Pior Homem da Bíblia”. Mostrei que ninguém o superou em maldade.  Mesmo assim, quando se arrependeu, Deus o perdoou e o restaurou. Falaremos um pouco de sua oração. 

 

1.         QUEM FOI MANASSÉS

Filho de Ezequias, nascido no período de vida a mais que este rei recebeu. Ezequias ia morrer e pediu mais tempo de vida. Recebeu 15 anos (Is 38.1 e 5). Manassés nasceu neste período, pois começou a reinar com 12 anos, quando seu pai morreu (2Cr 33.1).  Uma síntese do que fez:  2Crônicas 33.9. Foi julgado por Deus: 2Crônicas 33.11.

 

2.         O CONTEÚDO DE SUA ORAÇÃO

(1)       Angustiou-se – É aqui que nasce a verdadeira oração. Da angústia. No sofrimento devemos lembrar de Deus. Ele é a única alternativa: Salmo  4.1

(2)       Humilhou-se – Orar não é mandar em Deus, mas depender dele. Alguns dizem que quando oramos pedimos “faça-se a tua vontade”, manifestamos falta de fé. Temos que determinar. Por este ângulo, Jesus tinha falta de fé: Lucas 22.41-42. A verdadeira humildade não é ar piegas, mas dependência. Não determina, mas pede.

(3)       Mudou de atitude – Os vv. 15-16: desfez as coisas erradas que fizera. Orar não é apenas pedir coisas. É comprometer-se com Deus, é corrigir-se. Quem ora muda sua vida. Uma pessoa que ora está em crescimento espiritual.

 

3.         A ATITUDE DE DEUS

(1)       Disciplinou Manassés quando achou que devia fazê-lo: v. 11. Será que alguns de nossos problemas não são por nossa causa?

(2)       Ouviu a sua oração: v. 13-a. Deus ouve orações. Até de gente errada, desde que esta queira mudar a vida. Não é nossa santidade que faz com que ele ouça nossas orações. É sua graça.

(3)       Mudou a sua vida: v. 13-b. Deus tem poder para mudar a situação. É por isto que oramos!

Deus pode mudar as coisas em sua vida.

 

 

CONCLUSÃO

Uma bela declaração, em 13-b: “então conheceu Manassés que o Senhor era Deus”. Uma de nossas maiores necessidades é reconhecer a soberania de Deus. Ele, pode, ele age, ele é soberano. Manassés o provocou e só entendeu seu erro quando a mão de Deus o tocou. Não andemos errado e nem esperemos que ele nos toque para reconhecermos seu poder. E, por pior que esteja nosso estado espiritual, lembremos que Deus ouve a oração sincera até mesmo do pior pecador.