O Servo que chega a ser Rei

O Servo que chega a ser Rei

 

Pr. Ivan Fidelis dos Santos

 

            Há algum tempo tenho observado o quanto às pessoas se apresentam insatisfeitas com Deus, e tentam resolver as diversas situações cotidianas por esforço próprio. Em outras ocasiões, discutem acerca de temas que, mesmo para eles, não têm o menor fundamento.

            Outro dia, na fila do banco, chamou minha atenção um senhor que aguardava para receber o benefício de sua aposentadoria quando, de repente, vira para o lado e faz a seguinte exclamação: “O senhor tem acompanhado as altas no barril de petróleo?” – Ele estava com uma expressão tão indignada como se fosse um grande investidor do ramo petrolífero. Pessoas perdem tempo em discutir acerca de situações que não fazem a menor diferença para o seu dia a dia.

            Por outro lado, pessoas têm perdido a esperança em Deus e a constância da fé. Assim, erroneamente, tomam decisões precipitadas, sem o menor respaldo bíblico, se desviando da verdade para buscar seus próprios interesses. Esquece-se que são SERVAS e querem se tornar REIS.

            O tema não é recente. Basta lembrar de Abraão que, mesmo sendo o “Pai da Fé” buscou uma maneira humana para ajudar Deus a cumprir sua promessa. Teve um filho com Agar, e todos sofrem as conseqüências desse rompante até hoje.

            Na verdade, esta busca do servo em chegar a como o rei é relatada desde o princípio da humanidade. Afinal, foi com este pretexto que satanás tenta Eva a comer do fruto proibido: “Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal”.(Gn 3.4-5)

            A proposta de satanás é que o servo se torne rei. Ele não é criativo, e vem trabalhando assim desde o princípio e, assim como Eva, têm levado muitos a distanciar-se do SENHOR. “NÃO DEIS LUGAR AO DIABO” (Ef 4.27). Mas, como cristãos, temos que nos colocar em oposição a esta oferta e declarar com todas as forças: “EU SOU SERVO DE JESUS CRISTO!”.

            Gosto muito de parafrasear o versículo 1 da carta do apóstolo Paulo ao Romanos e dizer: “Ivan, servo de Jesus Cristo, chamado para ser pastor, separado para o evangelho de Deus”. – Faça também este exercício o coloque seu nome e o dom que recebeu para o ministério ao qual foi chamado. Nunca perca de vista a consciência de que você é servo do Deus vivo, e não o rei.

 

“Por três coisas treme a terra, e a quarta não pode suportar, mas a primeira é o servo que chega a ser rei…” (Pv 30.21-22a)