Arquivo mensais:Maio 2007

A Incrível Viagem De Shackleton

A Incrível Viagem De Shackleton

 

                Com 16 anos de idade ouvi um pastor batista, no Rio, falar de seu hábito de leitura. Decidi imitá-lo desde então: leio pelo menos um livro por semana. Assim, li centenas de livros. E poucos me fascinaram tanto como “A incrível viagem de Shackleton”. Ao acabar de lê-lo, em casa, coloquei-o sobre o braço da poltrona e aplaudi. Mesmo ignorando os termos náuticos e de navegação, fiquei fascinado.

                Em 1914, Ernest Shackleton partiu a bordo do navio Endurance, rumo ao Atlântico Sul. Pretendia cruzar o continente antártico, passando pelo Pólo Sul. O navio ficou preso no gelo e foi destruído. Shackleton e seus homens, por quase seis meses, permaneceram numa placa de gelo, no ambiente mais hostil do planeta. Frio de 35 graus abaixo de 0, ventos de até 150 km por hora, comida escassa, tidos como mortos. Empreendeu uma duríssima viagem em três barcos, por centenas de quilômetros até uma ilha. Lá deixou alguns homens e fez outra viagem, de barco e a pé, por dezenas de quilômetros, até uma estação baleeira. Sempre sob muitas adversidades. Após uma jornada titânica, ele sobreviveu e salvou todos os liderados.

Continue lendo A Incrível Viagem De Shackleton

A Proposta do Presidente Lula

A Proposta do Presidente Lula

 

                 “O Globo” de 14 de maio trouxe um trecho da fala do Presidente Lula, em seu programa de rádio:

Conversei com o papa sobre a necessidade da integração religiosa na América Latina, porque a Igreja Católica na América Latina também tem um peso muito importante. Nós estamos, já há algum tempo, falando em integração da América Latina, integração cultural, integração social, integração energética, integração de ferrovia, tudo. É importante que haja uma integração religiosa – afirmou.

                Este não é um espaço político, por isso meu comentário deve ser entendido no contexto religioso. O que é a “integração religiosa” proposta pelo Presidente? Como nossa mídia é fraca e não faz análises, não vi um comentário sequer, nos meios de comunicação, sobre como os entendidos compreenderam a fala presidencial. Provavelmente, são palavras sem sentido, jogadas fora, como de hábito. Talvez nem o seu emissor saiba o que significam.

Continue lendo A Proposta do Presidente Lula

Mães Tradutoras da Bíblia

Mães Tradutoras da Bíblia

                Um grupo de seminaristas conversava entre si. O assunto era qual a tradução bíblica preferida de cada um. Um dizia preferir tal versão por causa de sua linguagem mais dinâmica e contextualizada. Outro preferia uma versão mais literal ao texto original enquanto um terceiro preferia uma tradução mais próxima do sentido da expressão e não da letra.

                Mais um opinou dando sua preferência por uma versão que trazia um português mais clássico, mais erudito (não era eu, não). Por fim, um que se mantivera calado até então, disse preferir a versão de sua mãe. Os demais ficaram surpresos, sem saber o que dizer, até que um declarou, em tom irônico:

Continue lendo Mães Tradutoras da Bíblia

Alô, Pessoal, O Bozo Chegou!

Alô, Pessoal, O Bozo Chegou!
                Conversava com uma jovem que se prepara para o batismo e ela me contou que lê com muita atenção as pastorais do boletim. Gosta delas. Mas gostou particularmente daquela intitulada “Não pague mico!”, em que narro o incidente que vivi no Supermercado Big. Entrei no banheiro masculino e lá estava uma mulher, tranqüilamente falando ao celular. Disse-me ela que conversando depois com outros jovens, um disse que gostaria de ver a cena. Um até teria dito: “Imagino o pastor, todo certinho, entrando no banheiro de homens e encontrando uma mulher lá”.

                Bem, não sou muito certinho. Sou um pecador erradinho, como tantos. A graça de Deus é que trabalha em nossas vidas e nos faz servir a Deus. Mas imagino que o “certinho” se refira ao jeito de ser, um tanto fechado, como alguns dizem. Eu diria, mais solene, no culto. Não sou fechado. Prova disso é como as crianças da igreja se sentem tão à vontade comigo a ponto de invadirem o gabinete pastoral. Não é apenas por causa das balas. Domingo passado à noite, a Beatriz deixou sua marca no culto, “reclamando” de mim. Mas Beatriz é uma dessas que encantam meu gabinete. O Ricardinho, um dia desses, me levou tangerinas.  Não sou tão inflexível assim.

 

Continue lendo Alô, Pessoal, O Bozo Chegou!