Arquivo mensais:dezembro 2006

O Grande Hino Cristológico De Efésios – Parte 1

O Grande Hino Cristológico De Efésios

Parte 1

 

Preparado pelo Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho

 

           

O texto de Efésios 1.3-13 é a maior sentença gramatical da Bíblia. O ponto final aparece no versículo 13 (Bíblias antigas) ou no 14 (Bíblias novas). São 203 palavras no texto grego. Após a saudação habitual em suas cartas, Paulo prorrompe em louvor de maneira tão entusiástica que custa a parar. Encadeia os pensamentos um após o outro e fica até difícil captar o sentido do que ele está a dizer.

Continue lendo O Grande Hino Cristológico De Efésios – Parte 1

Qual a Cor Certa da Roupa na Virada do Ano?

Qual a Cor Certa da Roupa na Virada do Ano?

 

            Li, num site da Internet, um artigo sobre as cores a usar na passagem do ano para se ter sorte em 2007. Começa assim: “Uma das superstições mais comuns em todo o mundo é a roupa que você deve vestir na passagem do ano. Já que um novo ano está nascendo com mil e uma coisas para serem feitas e descobertas, nada mais natural que o clima de renovação se reflita também em suas roupas que devem ser novas. Se o dinheiro estiver curto, roupas íntimas já dão conta do recado”.

Continue lendo Qual a Cor Certa da Roupa na Virada do Ano?

A Desfiguração Da Fé Cristã

A Desfiguração Da Fé Cristã 

            Muito se tem falado da desfiguração do natal. Comentei isto na pastoral última, “O padre tem razão… mas ainda há mais”. Mas esta desfiguração é apenas parte da que se faz com a fé cristã. Quem leia o Novo Testamento em busca de entendimento se surpreenderá com a distância entre seu ensino e o que se faz hoje sob manto de fé cristã.

Continue lendo A Desfiguração Da Fé Cristã

O Padre Tem Razão… Mas Ainda Há Mais

O Padre Tem Razão… Mas Ainda Há Mais

            O “Correio Popular”, de Campinas, trouxe um artigo do Pe. José Trasfereti, intitulado “Jesus ou Papai Noel?”. O padre critica a substituição de Jesus por papai Noel, e lamenta a transformação da data em ocasião de lucro, sem reflexão espiritual. Suas palavras finais foram: “Portanto, neste natal, menos papai Noel e mais Jesus Cristo”.


Continue lendo O Padre Tem Razão… Mas Ainda Há Mais

Um Bom Futuro

Um Bom Futuro
 

            Neste semestre lecionei três classes de Homilética, na Faculdade Teológica de S. Paulo. Na de Campinas lecionei uma classe de Teologia do Ministério Pastoral. Trabalhei na administração de dois seminários e leciono em seminários desde os 23 anos. Tive muitas classes e muitos alunos. Como comecei cedo, fui professor de pastores que já se aposentaram. Fui professor de um pastor no seminário de Bauru e, anos depois, de seu filho, na faculdade de S. Paulo. Mas deixemos as reminiscências de lado. Quando se envelhece se olha demais para trás. E a questão não é esta.

Continue lendo Um Bom Futuro

Anorexia Espiritual

Anorexia Espiritual

            Um irmão em Cristo, amigo desde Manaus, hoje morando em S. Paulo, escreve-me comentando a pastoral “Lições de uma ovelhinha distraída”, onde falei de raquitismo espiritual. Pede-me para falar de “anorexia espiritual”. Engendrei alguns pensamentos. Mas meu amigo é um pensador de grande capacidade analítica. Faz ponderações tão sensatas, que para escrever sobre o assunto, eu o plagiaria.

            Veja-se esta citação sua, na mensagem enviada: “Ultimamente falou-se muito da anorexia. Aproveito para sugerir que o caro amigo escrevesse algo sobre a ‘anorexia espiritual’, uma enfermidade que acomete muitos crentes hoje e que se principia na adolescência da caminhada cristã e às vezes vem acompanhada de ‘bulimia espiritual’. A anorexia espiritual não só atinge as mulheres, mas igualmente os homens. Temos notado que as próprias igrejas batistas, em grande parte, consideram secundário o ensino bíblico.  O comprometimento com Deus e a sua Palavra tornou-se também secundário. A situação da EBD é assaz preocupante e na maioria das igrejas, nem mais existe a Escola de Crescimento Cristão; as neopentecostalizantes acabam eliminando a EBD, sendo substituídas por mensagens positivistas e por músicas e orações meio de auto-ajuda, auto-reconciliação e auto-aceitação. O precioso alimento, portanto,  é retirado de circulação. Sem recomendação bíblica ou da Palavra de Deus, adota-se uma dieta restritiva e aparentemente inocente para se perder aqueles ‘quilinhos’ que atrapalham a aparência exterior, além da prescrição de ‘laxantes’, como água benta ou benzida, óleo ungido, oração poderosa e que tais, deflagrando em pouco tempo a recusa sistemática do paciente em alimentar-se. Quando é ingerido um alimento sólido,  o paciente ‘vomita no vaso sanitário da vida’. Assim, muitas igrejas corroboram para que os crentes sejam ‘esbeltos’ na aparência e submissos à palavra do líder”.

Continue lendo Anorexia Espiritual